Hospital Beneficiencia Portuguesa
Viva Bem Saúdavel
Voltar
09/07/2008
Cirurgia Vascular - Soluções para varizes

Varizes: esse caso tem solução

As varizes, veias dilatadas e tortuosas, visíveis sob a pele, não são apenas anti-estéticas, mas também causam problemas de saúde aos pacientes, sendo de maior gravidade em alguns casos.

Ocorre com freqüência em mulheres e homens, mas atinge mais a população feminina: de cada quatro pessoas, três são mulheres. Em 75% dos casos, aparecem antes dos 30 anos de idade.

Para eliminar as varizes, a recomendação é a cirurgia, que elimina completamente as veias inchadas que causam dor nas pernas e desconforto.

Causas

1.Herança genética: algumas pessoas nascem com predisposição para desenvolver varizes, pois apresentam alterações na formação das veias. Com o efeito da pressão sangüínea, a veia aumenta de calibre e não volta mais ao normal.

2.Obesidade: quanto mais gordura no corpo, maior também o volume de sangue que circula nas veias, pois há mais tecidos para ser irrigados. Com isso, a pressão sangüínea aumenta, e as veias se dilatam, deixando suas válvulas abertas.

3.Gravidez: cerca de 20% das gestantes desenvolvem varizes. Nesse período, o volume de sangue que circula no abdome e nas pernas aumenta para nutrir o feto, congestionando o fluxo do sangue e agravando a pressão sobre a parede das veias.

4.Postura: como a força da gravidade dificulta o retorno do sangue das pernas para o coração, onde é oxigenado, esse mecanismo é auxiliado pelos músculos da barriga da perna.

Cada vez que andamos, eles se contraem e comprimem as veias, dando impulso ao sangue. Mas, quando a pessoa fica em pé sem andar, ou sentada, os músculos relaxam e não auxiliam o retorno sangüíneo.

5.Desvios ortopédicos: Problemas ortopédicos como pé chato, genuvalgo (joelhos voltados para dentro) e genuvaro (joelhos voltados para fora) prejudicam o retorno do sangue.

O uso constante de sapatos de salto alto pode provocar varizes.

Tratamento

A única forma de eliminar completamente varizes e microvarizes é a cirurgia. O vaso doente é retirado pelo médico através de um pequeno corte.

A cirurgia não é dolorosa nem deixa cicatrizes, é feita com anestesia peridural e local. É preciso ficar em repouso no dia seguinte à operação. As varizes operadas não voltam mais, porém outras veias podem se transformar em varizes em 20% das mulheres.

O uso de meias elásticas comprime as veias e impede maior dilatação. São recomendadas para quem passa muitas horas por dia em pé, como cabeleireiros

Prevenção e alívio

- Deitar e colocar as pernas para cima favorece o retorno do sangue ao coração.

- O ideal é permanecer nessa posição por uma hora, depois do almoço e no final da tarde.

- Na hora de dormir, apoiar os pés sobre dois travesseiros, deixando-os mais altos.

- Enquanto estiver sentada, movimente os pés para cima e para baixo, facilitando o retorno sangüíneo.

- Evitar ficar em pé além de 1 hora.

- Evitar sapatos de salto alto, principalmente acima de 6cm.

- Caminhada e natação são os melhores exercícios para quem já tem varizes ou predisposição.

Fonte: Dr. Marco Antonio Mesquita - Cirurgia Vascular e Angiologia - F: (17) 227-6678 e 227-3056
Telefone - (17) 2139 1800 Email - contato@beneriopreto.com.br
Endereço
Rua Luiz Vaz de Camões, 3150 - Redentora
CEP: 15015-750 - São José do Rio Preto - SP